Capão Bonito, 18 de julho de 2024

Destaque

Fatec de Capão Bonito completa 10 anos

Destaque

Fatec de Capão Bonito completa 10 anos

Um marco importante para Capão Bonito no ano de 2018 é a comemoração de 10 anos primeira e única Faculdade Pública de Capão Bonito, a Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo.

Como principal instituição de ensino superior da cidade, a Fatec foi iniciou suas atividades em Capão Bonito no ano de 2008, durante o mandato do ex-prefeito Junior Tallarico, que trabalhou por dois anos para que o projeto saísse do papel e se tornasse realidade e para isso, buscou parceria com a antiga VCP (Votorantim Celulose e Papel), atual Fibria/Suzano, que patrocinou parte da iniciativa.

Junto com a Fatec de Capão Bonito, nasceu o primeiro curso de tecnólogo voltado à Silvicultura da América Latina, com sua grade curricular desenvolvida junto à tradicional e reconhecida Esalq (USP) de Piracicaba. A escolha do curso se deu ao fato de Capão Bonito ser referência no setor de Reflorestamento, principalmente ao voltado ao plantio de Eucalipto, e pela falta de profissionais capacitados no setor.

Além disso, o curso de Silvicultura tem contribuído na formação de profissionais que também atuam em outros setores produtivos como Madeireiro, Papel e Celulose e Meio Ambiente. “A Fatec é um centro de formação para o desenvolvimento econômico de vários setores produtivos de Capão Bonito e região”, disse o prefeito Marco Citadini, que também teve participação importante na construção física da Fatec, conquistando R$ 4 milhões junto ao ex-governador Alberto Goldman.

Em 2012, o Governo de São Paulo decidiu implantar um novo curso na Fatec de Capão Bonito, o de Agroindústria, levando em conta também a potencialidade agrícola do município e a importância de agregar valor à sua produção.

Responsável pela criação da Fatec em Capão Bonito, o ex-prefeito Junior Tallarico ressalta que a conquista foi um dos fatos mais importantes em sua vida pública e destacou: “Trazer uma faculdade pública à nossa cidade foi um grande sonho realizado, e hoje vejo que todo o esforço valeu a pena, principalmente pela continuidade e pela formação de tantos profissionais. Destaco o trabalho de outras pessoas que também foram importantes para a conquista, como o então representante da ONG Inter-Rios, Marcelo Sacco,”, afirmou.

Diretor da Fatec de Capão Bonito desde o ano passado, o professor Dr. Ezer Dias de Oliveira Júnior destaca que a unidade do município tem características diferentes das demais. “Primeiro por ser a única autorizada a funcionar num município com menos de 100 mil habitantes e também por ser a primeira da América Latina em Silvicultura, e a Agroindústria”, acrescentou.

O diretor destaca ainda os princípios da Fatec de Capão Bonito: “Nossa faculdade tem como princípios: tecnologia, inovação e empreendedorismo, estruturada por secretaria acadêmica, de serviços, auxiliares de laboratório, comissões de extensão, de pesquisa, de infraestrutura, de segurança e de desenvolvimento estratégico. Temos parceria com várias instituições de ensino públicas e particulares, em especial com a Prefeitura Municipal que se dá nos eixos de ambiência, administração e governança. Ainda temos professores conselheiros no COMDEMA, no Distrito Industrial, participamos da Comissão Municipal, e de questões de desenvolvimento como a do Turismo”, destacou.

Por fim,  Ezer resumiu a Fatec de Capão Bonito como um elemento transformador da sociedade e como o centro de encontro para aqueles que desejam prosperar e mudar. “Nos próximos anos queremos ampliar nosso alcance à sociedade, com mais um curso de nível superior, sobrar o número de alunos matriculados e também oferecer capacitação e extensão no setor agrário, na indústria e no comércio, além da formação de profissionais qualificados. Para mim, estar à frente dessa importante instituição é uma alegria por ser indicado a tamanha responsabilidade formação tecnológica de nossos munícipes e uma sensação de confiança em ter uma equipe de excelentes profissionais que me acompanham e dividem os méritos dos desafios”, concluiu.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Veja também