Capão Bonito, 18 de julho de 2024

Capão Bonito

Alunos da ETEC de CB conquistam prêmio na Feira Tecnológica do Centro Paula Souza

Capão Bonito

Alunos da ETEC de CB conquistam prêmio na Feira Tecnológica do Centro Paula Souza

Os alunos da ETEC Dr. Celso Charuri, de Capão Bonito, Keverton Gamarelle, Richard Chrischner e William Hashimoto, conquistaram o prêmio de melhor projeto do eixo Infraestrutura da 11ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps). Inicialmente foram 800 projetos inscritos de todas as ETECs do Estado de São Paulo e de instituições de outros países como México, Argentina, Bolívia e Chile, com apenas 24 projetos selecionados para a fase final.

O projeto dos estudantes de Capão Bonito foi realizado como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Curso Técnico de Edificações e foi inscrito na Feira, com incentivo principal da orientadora do trabalho, professora Denise Moro. No projeto, foi desenvolvido o aplicativo M.E.C. – Materiais com Especificação e Custo, para smartphones e tablets, para auxiliar compradores para que adquiram um produto através de informações das características e aplicações, e para apoiar profissionais da área conforme as necessidades em relação às especificações dos materiais do mercado.

Segundo os alunos, o aplicativo conta com uma biblioteca com diversas caracterizações de materiais da construção civil, além de mostrar os custos médios na cidade e na região. “O aplicativo foi desenvolvido com o objetivo de mostrar a importância da tecnologia na construção civil e das especificações dos materiais utilizados na área, possibilitando o uso prático por qualquer usuário, auxiliando consumidores, fornecedores e profissionais, englobando desde um experiente, até alguém que está entrando para o mercado de trabalho. Irá fornecer conhecimento sobre a diversidade quanto à tipologia de insumos e sobre a utilização de cada tipo conforme a situação”, explicaram.

Os alunos da ETEC de Capão Bonito foram os únicos da supervisão da região de Itapeva a ganharem o prêmio, e também os únicos da turma de ETIM (Ensino Médio Integrado ao Técnico). A vista que os outros grupos eram formados por estudantes de Ensino Técnico ou Tecnológico, os alunos de Capão Bonito eram os mais novos da Feira.

“Para nós que somos de cidade pequena foi muito emocionante receber essa premiação. Estamos felizes e satisfeitos. Na hora de receber o prêmio bateu até um nervosismo. Não queremos parar por aqui, estamos buscando investimentos para fazer o lançamento do aplicativo, e a nossa meta é realizar no ano que vem”, afirmaram.

Para a orientadora do projeto, professora Denise Moro, o aplicativo vem ao encontro da necessidade da área da construção civil e é inédito na categoria. “Estou há mais de 35 anos na área e sempre vi essa dificuldade em realizar a compra do material tanto pelas características como pelo preço, por parte dos consumidores e também pelos profissionais. Enxerguei esse projeto como inovador e que traz muitos benefícios para a área civil. Durante as orientações no TCC realizamos muitas pesquisas e não encontramos nenhum aplicativo com essas características no mercado”, afirmou.

De acordo com Denise, o aplicativo é como se fosse uma “escola na mão” e que qualquer pessoa pode acessar, garantindo o preço e a credibilidade. “Usar a tecnologia é importante, porque faz parte do dia-a-dia e da linguagem do mundo atual. Precisamos colocar isso de positivo nas vidas das pessoas”, falou.

Denise ainda ressaltou a dedicação e o empenho do grupo durante todo o desenvolvimento do TCC e do projeto do aplicativo. “Sempre vi e acreditei no potencial dessa turma e o prêmio foi o reconhecimento de todo o trabalho. Eles são excelentes alunos, sempre quiseram ir além. Quando fiquei sabendo do resultado fiquei muito feliz e emocionada, pois eu sabia o quanto eles mereciam. Eu me sinto muito honrada em ter participado dessa conquista”, destacou.

Para o diretor da ETEC de Capão Bonito, Alison Freitas, o prêmio é de extrema relevância, a vista que a Feira de Tecnologia é internacional, e participam aproximadamente 230 unidades da ETEC de todo o Estado de São Paulo, mostrando a importância e responsabilidade da competição. “Para nós foi gratificante, pois temos a convicção que nossa equipe de professores têm feito um trabalho excelente, tanto no Ensino Básico como na parte profissional, portanto parabenizo todos os professores por essa conquista, e de forma especial, os que estiveram envolvidos no projeto, principalmente a professora Denise Mora, além, é claro, da dedicação dos alunos”, ressaltou.

Alison destacou também a qualidade da Educação de Capão Bonito. “Temos jovens promissores na nossa cidade. Na ETEC muitos alunos têm sido aprovados em diversas Universidades Federais e Estaduais, além de muitos terem conseguido bolsas integrais pelo Pró-Uni em excelentes entidades de Ensino, mostrando a capacidade do jovem capão-bonitense e da nossa escola. No projeto vencedor da Feteps, o grupo era formado por um aluno de Capão Bonito, um de Guapiara e um de Ribeirão Grande, ratificando a importância da ETEC Dr. Celso Charuri não somente em nossa cidade, mas também na região”, concluiu.

FETEPS

Os projetos desenvolvidos nos diferentes cursos Técnicos e Tecnológicos do Centro Paula Souza são essenciais para o desenvolvimento de ideias inovadoras e da capacidade de trabalhar de forma criativa e transformadora.

A Feira Tecnológica do Centro Paula Souza – Feteps – é o espaço para a demonstração e socialização de projetos desenvolvidos por alunos das Etecs e Fatecs. A diversidade e a qualidade dos trabalhos expressam, de forma bastante significativa, os projetos pedagógicos de seus cursos técnicos e tecnológicos que têm, entre seus objetivos, o desenvolvimento da visão empreendedora, criativa e científico-tecnológica.

A troca de experiências entre alunos, instituições de ensino e empresas, durante a Feteps, é essencial para o desenvolvimento de ideias inovadoras e para a prática do trabalho em equipe de forma criativa e transformadora. Além de alunos das Etecs e Fatecs participam da mostra estudantes de instituições de outros Estados e países.

O eixo Infraestrutura traz temas relacionados ao Ensino Médio e aos cursos técnicos e tecnológicos, como: agrimensura, saneamento, edificações, desenho de construção civil, transporte metro ferroviário, transporte rodoviário, construção civil – movimento de terra e pavimentação, construção de edifícios, construção naval, controle de obras, hidráulica e saneamento ambiental, sistemas de navegação e transporte terrestre, portos.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Veja também