Capão Bonito, 18 de julho de 2024

Eventos

Inédita Virada Cultural de Capão Bonito traz mais de 100 apresentações

Eventos

Inédita Virada Cultural de Capão Bonito traz mais de 100 apresentações

Das 18h de sexta-feira, dia 11, até as 21h de sábado, dia 12, Capão Bonito terá 24 horas com mais de 100 atrações artísticas gratuitas. Nesta inédita e primeira edição da Virada Cultural, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, montou seis palcos em diferentes regiões da cidade: Praça Rui Barbosa, Vila Cruzeiro, Praça Cecap, Vila Aparecida, Jardim Vale Verde e Centro de Convenções, com apresentações que destacam gêneros musicais de vários estilos, grafite, dança, teatro, poesia, hip hop, pintura, artesanato e manifestações culturais da cidade.

A abertura do evento, que promete ser um dos maiores da história de Capão Bonito, será na praça Rui Barbosa, às 18h, com o corpo de dança e balé da Banda Marcial de Capão Bonito e em seguida com atrações voltadas ao Hip Hop, Dança do Ventre, Fandango de Tamanco, e apresentações musicais nos segmentos MPB, Pagode, Sertanejo, Rock e encerrando, já na entrada da madrugada de sábado, o grupo de teatro Ponto de Cultura.

No sábado, a festa da diversidade artística cultural começa às 9h na Praça Rui Barbosa e na Praça Cecap, e às 10h na Vila Cruzeiro, Vila Aparecida e Jardim Vale Verde, e as 18h no Centro de Convenções na Praça Cunha Bueno.

“A expectativa positiva em torno deste evento é enorme, porque ele fomentará a cultura e mostrará à população os nossos grandes talentos no teatro, na dança, na música e nas mais variadas manifestações culturais”, destacaram os coordenadores culturais Paulo Honorato Mendes e Renato Heber.

Outro destaque da programação será a apresentação de filmes de curta metragem no sábado à noite no Centro de Convenções, coordenador pelo cineasta Danilo Cacciacarro. Alguns artistas como a dupla sertaneja Nando e Rafael, Eros e Rubens, Paulinho Acústico, Leandro Oliveira, entre outros, se apresentarão em dois ou mais palcos.

Além disso, a organização preparou uma seleção de poesias do poeta Juraci B. Chagas para exposição na Praça Rui Barbosa. Também no palco principal, o artista plástico Edijô da cidade de Ribeirão Grande estará demonstrando seu talento artístico através da pintura.

A diversidade cultural será a partitura principal da Virada Capão-Bonitense, mas o público também terá a oportunidade de assistir um encontro de gerações artísticas, como por exemplo, as apresentações do cantor Dentinho e sua Banda, que no fim da década de 80 e início de 90, animada os points noturnos de Capão Bonito, em casas como Shangrilá, como os jovens da banda Los Covero, que com o nome inusitado, traz uma boa seleção de rock in roll.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Veja também